Faturamento TISS: Como esse recurso pode ajudar sua clínica

O QUE É TISS?

Você que trabalha na área médica ou tem algum conhecimento sobre o ramo provavelmente já compreende ou já ouviu falar no padrão TISS. Se não, fique tranquilo! No artigo de hoje vamos explicar como funciona e de que forma ele pode contribuir para a sua clínica.

TISS (Troca de Informação em Saúde Suplementar) é o padrão para transferência de informações a respeito do atendimento prestado aos pacientes, entre operadoras de plano de saúde particular e prestadores de serviço, além de transmitir esses dados para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), órgão que idealizou o padrão. A proposta consiste em utilizar modelos já criados e acessíveis em outros bancos e sistemas de dados, para assim haver uma concordância com os outros sistemas de saúde e permitir uma melhoria no uso dessas informações coletadas.

A pesquisa desse projeto se iniciou no ano de 2003 com a análise de padrões e dados já trocados no mercado e, a partir disso, sugeriu um modelo protocolado e compatível que pudesse mover os relatórios em saúde suplementar. O padrão tem como principal característica a interoperabilidade, que é a capacidade de um sistema de se comunicar pela forma mais transparente possível com outro sistema. Ou seja, é essencial que o sistema trabalhe com padrões abertos para garantir essa clareza e a segurança nos dados.

COMO FUNCIONA?

Quando um paciente pensa nos procedimentos médicos que precisa fazer, dificilmente se preocupa com a forma em que o plano de saúde irá autorizá-los, o que é comum. Normalmente ele recebe apenas uma resposta positiva ou negativa da clínica na qual realizaria o procedimento. No entanto, essa logística tem todo um processo com algumas etapas um pouco complexas.

De início, o médico faz o pedido dos exames por meio de guias previamente preenchidas e as encaminha para o plano de saúde, que autorizará ou não. Em seguida, todo esse relatório de consulta e exames será lançado no sistema por meio do arquivo XML, registro digitalizado e protocolado pelo TISS, com o faturamento dos serviços prestados. Por fim, esses dados serão enviados aos convênios para que eles possam repassar o valor.

FATURAMENTO TISS

Para obter o faturamento no padrão TISS, o melhor caminho é apostar num software de gestão de clínicas que fará todo esse processo complexo da forma mais transparente e correta. Alguns softwares têm suas funcionalidades configuráveis de acordo com a exigida pelo convênio e assim você consegue obter todas as guias do padrão TISS sem se preocupar.

Alguns sistemas de gestão de clínicas oferecem uma série de recursos que aliados ao faturamento irão aperfeiçoar seu negócio e facilitar na administração geral. O propósito da implantação do padrão TISS é garantir a segurança de todo processo burocrático na transferência de dados entre os prestadores de serviços e os planos de saúde, assegurando a total comunicação entre o sistema de faturamento do estabelecimento clínico e o sistema da operadora do plano.

——

Conheça o Conclínica, o sistema web da Tecnoarte que possui três planos, e o Visual ASA, também da Tecnoarte, que se adéqua aos processos da sua clínica, e escolha o que se encaixa melhor com o seu modelo de gestão.

Gostou dessas dicas? Então continue acompanhando o nosso blog para saber mais sobre esses e outros assuntos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *