Planejamento Estratégico para começar 2017 com o pé direito

Um novo ano acaba de começar e traz consigo uma série de oportunidades. Que caminho seguir? O que fazer para tornar 2017 um ano produtivo? São tantas opções e variáveis que até os gestores mais experientes podem encontrar dificuldades. Por isso que a elaboração de um planejamento estratégico logo no início do ano é necessária para qualquer empresa.  É a partir dele que se prevê o que precisa ser feito e melhorado, além de estabelecer metas de produção e lucratividade.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas de planejamento estratégico para garantir que você comece 2017 com o pé direito:

1 – Analise o ano anterior

Fazer uma retrospectiva do ano anterior é fundamental para qualquer planejamento estratégico. É a partir das conclusões tiradas dessa análise que devem ser elaboradas as pautas para o ano seguinte. O que deu certo? E o que não deu? O que pode melhorar? Como o mercado reagiu? E os clientes?

Uma boa dica é utilizar a análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças), identificando o que é possível fazer para que a empresa cresça e o que a torna vulnerável. A partir dessas respostas, o gestor terá uma noção clara do que precisa constar no planejamento estratégico para 2017.

2- Faça um estudo de mercado

Entendendo bem sua situação atual, siga para uma compreensão mais ampla do mercado. Verifique os fatores internos e externos que podem afetar o seu negócio.

“Analise se o mercado está comprando, quais as demandas com mais saída, o que os clientes procuram, como está a condição econômica do país”, indica Donizete Böger, coordenador do Sebrae/SC Vale do Itajaí. “Devem estar presentes no planejamento estratégico premissas macroeconômicas, tais como previsão de inflação, variação cambial, taxa de juro, liquidez de moeda ou meio circulante”.

3- Elabore uma projeção de cenários

Uma parte fundamental do planejamento estratégico é imaginar diferentes cenários para o ano, considerando possibilidades pessimistas e otimistas. Dessa forma, você diminui o risco de ser pego de surpresa e já prevê atitudes para determinadas situações. Para isso, baseie-se no histórico da sua empresa e nos estudos de mercado para fazer projeções realistas.

4- Trace metas e objetivos

O que você deseja alcançar nos próximos 12 meses? Com a resposta para esta pergunta, trace metas realistas para você e sua equipe. Mas lembre-se: metas sem planejamento são apenas desejos. Para tornar seus desejos realidade, procure pensar em formas realistas para alcançar suas metas.

“Leve em conta projeção de demanda, comportamento da concorrência, disponibilidade e comportamento de fornecedores, abrangência geográfica do negócio, as pessoas envolvidas, os processos empresariais, o relacionamento com os clientes, cenários financeiros e a viabilidade do negócio”, aconselha Marcelo Souza, sócio-proprietário da empresa Plano de Negócios Online – Planoo.

5- Envolva sua equipe

Depois de tudo planejado, é hora de colocar o planejamento em prática e, para isso, é fundamental compartilhar as informações obtidas com sua equipe. Não importa quantos colaboradores a componham, é importante que todos sejam informados sobre o que se passa de forma pessoal e humanizada, deixando claro qual é a função e importância de cada um no contexto geral da empresa. Afinal, eles passarão o próximo ano trabalhando junto com você para alcançarem juntos seus objetivos.

Seguindo esses pontos, você terá elaborado um planejamento estratégico para iniciar com ano de 2017 com o pé direito. Se encontrar alguma dificuldade ou desejar fazer um planejamento mais amplo e eficaz, entre em contato com a gente para conhecer melhor nossa Consultoria de Gestão e Marketing clicando AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *